Página Inicial / Notícias / A explicação de Dilma sobre o golpe

A explicação de Dilma sobre o golpe

Há pouco mais de um mês, representantes de diversos partidos ingressaram no STF com uma interpelação judicial contra Dilma. Eles exigiam que a presidente afastada explicasse perante a Suprema Corte o que diabos queria insinuar ao chamar o processo de impeachment de “golpe”.

Bom, Dilma, por meio do seu advogado Eduardo Cardozo, apresentou finalmente sua “explicação”. A leitura do documento de 42 páginas beira ao surrealismo literário, mas o meu trecho favorito definitivamente é esse abaixo onde, sem meias palavras, Dilma chama o STF de golpista, junto com 367 deputados e 55 senadores, além do TCU, os movimentos de rua favoráveis ao impedimento e os juristas que subscreveram o pedido de impeachment.

Esse pessoal definitivamente perdeu a vergonha.

é golpe

Link para a defesa completa: http://jusliberdade.com.br/wp-content/uploads/2016/06/Defesa_DILMA.pdf

A grande (e brilhante) “armadilha” nessa ação é que essa justificativa da Dilma junto ao STF alegando que sofreu mesmo um golpe e, sabendo disso, não tomou nenhuma das medidas previstas na Constituição para impedi-lo de ocorrer (decretar estado de sítio, convocar as Forças Armadas etc.), na prática, significa que ela cometeu o crime de responsabilidade previsto no art. 4, II, da lei 1.079/50.

Sobre Adriel Santana

avatar

Advogado de contencioso em massa no Rio de Janeiro. Especialista em Mediação e Arbitragem pela FGV. Já colaborou com os seguintes sites: Spotniks, Instituto Liberal, Portal Libertarianismo e Liberzone.